Acionistas da Mota-Engil aprovaram emissão de empréstimos obrigacionistas de 400 milhões de euros

Assembleia geral aprovou, além de uma distribuição imediata aos acionistas de 5,175 cêntimos de euro por ação, cativos de impostos, uma distribuição adicional dos lucros do exercício aos acionistas de 1,725 cêntimos de euro por ação, cativos de impostos

Os acionistas da Mota-Engil aprovaram, em assembleia-geral (AG), a emissão de empréstimos obrigacionistas até 400 milhões de euros, entre outros pontos, segundo um comunicado divulgado pelo grupo.

"Na AG estiveram presentes representantes de 75,03% do capital social da empresa, tendo todos os pontos sido aprovados por votações favoráveis superiores a 98,4692% dos votos emitidos na Assembleia", referiu o grupo.

"Além dos pontos relacionados com a aprovação dos resultados anuais, foram também aprovados o Relatório sobre as práticas de Governo Societário, a proposta de aplicação dos resultados, e a política de remunerações, assim como a emissão de empréstimos obrigacionistas num montante global de 400 milhões de euros", referiu a construtora, na mesma nota.

Na reunião, foi aprovada a distribuição, para reserva legal, "de 5% do resultado líquido do exercício, no valor de 2.117.049 euros e um cêntimo", "para distribuição imediata aos acionistas, 5,175 cêntimos de euro por ação, cativos de impostos, no valor global de 15.875.655 euros e 41 cêntimos" para "reservas livres, o remanescente, no valor de 24.348.275 euros e 74 cêntimos", segundo o texto da convocatória, publicado no "site" da Mota-Engil.

Foi também aprovada "uma distribuição adicional dos lucros do exercício aos acionistas de 1,725 cêntimos de euro por ação, cativos de impostos, no valor global de 5.291.885 euros e 14 cêntimos".

"Esta distribuição adicional fica sujeita à condição de o resultado líquido consolidado atribuível ao grupo, a verificar no final do primeiro semestre de 2022, ser superior a 50% do resultado líquido consolidado atribuível ao grupo verificado no ano de 2021, isto é, ser superior a 10.820,5 milhares de euros", indicou o grupo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de