concorrência

AdC. EDP e Sonae multadas em mais de 38 milhões

Assembleia-geral de acionistas da EDP

Pacto de não-concorrência foi alvo de multa do regulador dse mercado

A Autoridade da Concorrência (AdC) multou a EDP e a Sonae, dona do Continente, em 38,3 milhões euros “pela realização de um pacto de não-concorrência”, no âmbito da parceria criada para a implementação da campanha comercial “Plano EDP Continente”, que decorreu em 2012, informou a Concorrência.

O acordo entre a EDP e a Sonae definia que as duas entidades se comprometiam em não entrar nos respetivos mercados, nomeadamente, vinculando a Sonae a não concorrer na comercialização de energia elétrica, em Portugal continental, pelo período de dois anos.

A AdC iniciou o processo no âmbito de denúncias dos consumidores uma vez que este acordo surgiu na liberalização do mercado elétrico e “num momento de particular importância para o sector”.

“A Lei da Concorrência proíbe expressamente os acordos entre empresas que, tendo por objeto restringir, de forma sensível, a concorrência no todo ou em parte do mercado nacional têm, pela sua própria natureza, um elevado potencial em termos de efeitos negativos, reduzindo o bem-estar dos consumidores e prejudicando a competitividade das empresas e a economia como um todo”, frisa a AdC, justificando assim a multa.

A EDP é multada em 2,9 milhões de euros, a EDP Comercial em 25,8 milhões de euros, a Sonae Investimentos em 2,8 milhões de euros e a Modelo Continente em 6,8 milhões de euros.

A decisão da AdC põe termo ao inquérito instaurado em 3 de dezembro de 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Usados-carros-dicas-26d88f95262fb04408cf1721d918f6efc0da028d

São feitos quase 600 créditos por dia para comprar carro

Rendas da energia pesam 80 euros na conta da luz em 2018

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

CML admite comprar 11 prédios da Segurança Social

Outros conteúdos GMG
AdC. EDP e Sonae multadas em mais de 38 milhões