AdP

Águas do Algarve adjudica construção de ETAR por 13,9 milhões de euros

Águas de Portugal

Consórcio constituído pela Oliveiras e Acciona Águas apresentou a proposta financeiramente mais vantajosa.

A Águas do Algarve adjudicou a construção da ETAR de Faro-Olhão ao consórcio Oliveiras e Acciona Água por 13,9 milhões de euros (mais IVA), segundo a informação disponibilizada no portal BASE, onde está disponível a informação relacionada com as compras do Estado.

O contrato foi assinado a 14 de abril e tem a duração de 2 anos e 7 meses, tempo em que a obra tem de estar concluída.

O preço-base do concurso público lançado pela Águas do Algarve era de 14,5 milhões de euros e o principal critério de adjudicação era a apresentação da proposta economicamente mais vantajosa.

“O presente contrato tem por objeto a elaboração do Projeto de Execução da ETAR de Faro-Olhão, do relatório de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE), do Plano de Segurança e Saúde, Compilação Técnica, do Plano de Gestão Ambiental em Obra, a execução das obras de construção civil, de fornecimento e montagem de equipamentos e emissário de descarga do efluente tratado no meio recetor e a Fase de Arranque da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Faro-Olhão, bem como a realização de todos os trabalhos que sejam considerados necessários, úteis ou convenientes ao objeto da empreitada”, segundo a informação divulgada no BASE.

Segundo o contrato divulgado a Oliveiras será responsável pela elaboração dos estudos e projetos e a Acciona pela construção da ETAR.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

fotografia: Luís Costa Carvalho

Corticeira Amorim investe oito milhões e inaugura nova fábrica nos EUA

António Mexia lidera a EDP desde 2005

António Mexia, CEO da EDP, ganhou 6.000 euros por dia em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Águas do Algarve adjudica construção de ETAR por 13,9 milhões de euros