aviação

Airbus fez a primeira descolagem totalmente automática

Imagens do teste realizado pela Airbus a 18 de dezembro. Fotografia: Airbus
Imagens do teste realizado pela Airbus a 18 de dezembro. Fotografia: Airbus

Teste foi feito a 18 de dezembro, no aeroporto Toulouse-Blagnac, mas só hoje foi comunicado. Os pilotos continuarão sempre “no centro das operações”, promete a empresa francesa

A Airbus concluiu “com sucesso” a sua primeira descolagem automática com base na visão, usando, para tal, um avião de testes Airbus no aeroporto Toulouse-Blagnac.

“A tripulação de testes, composta por dois pilotos e três engenheiros de voo, fez a 1ª descolagem às 10h15 do dia 18 de dezembro e realizou um total de oito descolagens num período de quatro horas e meia”, pode ler-se no comunicado da empresa, que destaca tratar-se de um “marco histórico para a pesquisa aeronáutica”.

A carregar player...

Este teste insere-se no projeto ATTOL (Autonomous Taxi, Take-Off & Landing) da Airbus, lançado pela Airbus em junho de 2018, e através do qual a companhia a companhia francesa tem vindo a procurar “compreender o impacto da automatização e autonomia nos aviões”. Mas a Airbus deixa claro que “não encara a autonomia como uma meta em si”, mas sim como uma “forma de explorar tecnologias em conjunto com outras inovações em áreas como materiais, eletrificação e conectividade”.

Não tema. Os pilotos continuarão sempre presentes. “Para que as tecnologias de automatização melhorem os voos e a performance geral dos aviões, os pilotos terão que continuar no centro das operações”, garante a Airbus, sublinhando que as tecnologias autónomas são “fundamentais”, mas para “apoiar os pilotos”, permitindo que este se concentrem “menos na operação das aeronaves e mais na tomada de decisões estratégicas e na gestão do voo”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

(A-gosto.com/Global Imagens).

PSD indisponível para viabilizar alteração à lei para aeroporto do Montijo

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Airbus fez a primeira descolagem totalmente automática