transportes

Alfa Pendular renovado com internet 10 vezes mais rápida

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques (2E), acompanhado pelo presidente da CP, Manuel Queiró (2D), participa na apresentação do novo comboio Alfa Pendular, na estação de Santa Apolónia, em Lisboa. Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA
O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques (2E), acompanhado pelo presidente da CP, Manuel Queiró (2D), participa na apresentação do novo comboio Alfa Pendular, na estação de Santa Apolónia, em Lisboa. Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

CP "tem feito um forcing junto das operadoras para melhorar a cobertura da rede" ao longo das linhas

O primeiro Alfa Pendular renovado vai circular a partir desta sexta-feira. A CP garante que vai resolver uma das queixas mais frequentes: a ligação à Internet sem fios. Para isso, a renovação destes comboios de longo curso vai possibilitar uma velocidade de ligação à Internet 10 vezes superiores à da primeira geração do Alfa Pendular, explica José Bernardino, responsável de redes e sistemas da CP ao Dinheiro Vivo.

“Na primeira vez que instalámos o wifi no Alfa Pendular, há cinco anos, havia um router 3G com apenas um rádio, que era partilhado pelas seis carruagens. Com a renovação, além de routers compatíveis com a rede móvel 4G, cada carruagem terá dois rádios. Na prática, poderemos ter uma ligação wifi de 20 Mb”, dez vezes acima dos 2 Mb disponíveis na geração anterior”, explicou o responsável à margem da apresentação da renovação do Alfa Pendular.

Só que estes efeitos só serão notórios quando houver rede móvel. A CP “tem feito um forcing junto das operadoras para melhorar a cobertura da rede, porque há zonas negras em concelhos como Pombal ou em grande parte da região alentejana”, acrescentou.

A renovação do Alfa Pendular irá ser feita até final de 2019 e levará a um investimento de cerca de 18 milhões de euros. Além das alterações exteriores, esta intervenção representa grandes alterações no interior das carruagens e das casas de banho, por exemplo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Alfa Pendular renovado com internet 10 vezes mais rápida