Telecomunicações

Altice confirma pedido para criar banco europeu

Conferência de Imprensa explica OPA sobre a Media Capital
Conferência de Imprensa explica OPA sobre a Media Capital

Autorização ao Banco Central Europeu terá seguido em outubro, noticiaram o jornal LeParisien e a Reuters

“É verdade que asseguramos o nome do banco Altice. É verdade que pedimos uma licença para o banco europeu”, disse o CEO da Altice, Michel Combes, esta sexta-feira.

O gestor, em Lisboa para anunciar a OPA sobre a Media Capital, afirmou que já tinham licença para pagamentos em França e que agora pedem uma licença para criar um banco online de âmbito europeu.

“Outros operadores de telecom têm-se movimentado nesse sentido”, recorda. “Estamos a preparar as coisas para nos movimentarmos nesse sentido”, adiantou.

Esta quinta-feira o francês LeParisien e a Reuters avançavam com a notícia que dava conta deste pedido. Segundo os dois meios, o pedido para entrar no segmento bancário na Europa terá dado entrada em outubro no BCE.

Foi feito através do Instituto Nacional de Registo de Marcas Industriais francês na mesma altura para a marca Alticebank, pela sociedade NextLuxembourg, uma holding da Altice, escrevia o LeParisien, antecipando já uma decisão sobre o pedido de licença no fim das férias de verão. O BCE não comentou o assunto.

Este serviço bancário, acrescentavam, deverá apoiar-se na rede de 1200 lojas que o grupo tem espalhadas pela Europa. O objeto é atrair os 40 milhões de clientes que estão espalhados por França, Luxemburgo, Bélgica e Portugal, as regiões onde a marca está presente.

Esta iniciativa não é inédita, como Combes já hoje assumiu. Surge depois de conhecido o interesse da Orange, grande concorrente da SFR controlada pela Altice em França, de lançar o seu próprio banco online.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
: PÁGINAS : LIXO 08-09 NEGÓCIOS Eólicas + Opinião

Eólica vs. solar. Que energia dominará a Europa em 2030?

Turistas no Miradouro São Pedro de Alcântara, em Lisboa.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ourém recua, Guimarães pondera. São já 8 os municípios que cobram taxa turística

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve confiante numa estabilização do mercado britânico

Outros conteúdos GMG
Altice confirma pedido para criar banco europeu