Telecomunicações

Altice vende torres em Portugal e França por 2,5 mil milhões

Altice
Altice

É oficial. Cerca de 3 mil torres do Meo foram vendidas a consórcio formado pela Morgan Stanley Infrastructure Partners e Horizon Equity Partners

A Altice fechou um acordo para a vendas das torres de telecomunicações em França e Portugal por 2,5 mil milhões de euros. Como parte da transação, a Altice Europe irá criar uma das maiores empresas de torres de telecomunicações (TowerCo) da Europa, que inclui a TowerCo em França.

Em Portugal, o grupo dono do Meo chegou a um acordo com um consórcio, formado pela Morgan Stanley Infrastructure Partners e a Horizon Equity Partners, para a venda de 75% da empresa a ser criada em breve (Torres de Portugal ou ToP) que irá abranger 2.961 sites atualmente operados pela Altice. “A transação valoriza a Torres de Portugal em 660 milhões, representando um múltiplo altamente atrativo de 18.9x do EBITDA proforma de 2017 de 35 milhões de euros”, informa a Altice.

O acordo prevê a construção de construção de 400 novos sites, entre a Altice Portugal e a ToP, prevendo-se que o mesmo possa gerar cerca de 60 milhões de euros em receitas adicionais para a Altice Portugal nos próximos 4 anos, informa a operadora que fechou um contrato inicial de 20 anos para a utilização das torres da ToP.

“A transação foi estruturada tendo por base uma parceria de longo prazo entre a Altice Portugal e a Torres de Portugal, pelo que a Altice Portugal reinvestirá parte das receitas para deter uma participação financeira de 25%, em parceria com o consórcio”, informa a Altice em comunicado.

A ToP ficará com “o maior portefólio de torres do país” e “será a primeira empresa independente de torres de comunicações em Portugal”, destaca a Altice. A empresa irá permitir que “outras operadoras tenham acesso às torres e que possam expandir as suas redes 4G / 5G, em linha com as recentes recomendações do regulador português sobre partilha de infraestruturas”, reforça.

A operação deverá estar concluída no terceiro trimestre, sujeita à “efetiva separação de ativos e às condições habituais de conclusão deste tipo de processos”.

Torres em França vendidas a KKR

Em França, o grupo de Patrick Drahi chegou a um acordo exclusivo para a venda de 49,99% da futura empresa a ser criada com a SFR. A futura SFR TowerCo terá 10,198 sites de torres atualmente a serem operadoras pela SFR. A operação avalia a companhia em 3,6 mil milhões de euros, valor que representa um múltiplo de 18.0x do EBITDA proforma de 2017 de 200 milhões.

A Altice fechou ainda um acordo para construção de 1200 novos sites entre a SFR e a SFR TowerCo que deverá gerar receitas adicionais de 250 milhões de euros para a operadora francesa nos próximos quatro anos. A SFR fechou ainda um acordo de 20 anos para a utilização destas torres.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Altice vende torres em Portugal e França por 2,5 mil milhões