Telecomunicações

RTP espera decisão rápida sobre negócio Altice/TVI

Gonçalo Reis, presidente do conselho de administração da RTP
Gonçalo Reis, presidente do conselho de administração da RTP

O presidente da RTP diz que "quanto mais rápido" o regulador dos 'media' se pronunciar sobre a compra da Media Capital, melhor é para o setor

O presidente da RTP, Gonçalo Reis, disse hoje que, “quanto mais rápido” o regulador dos ‘media’ se pronunciar sobre a compra da Media Capital pela Altice, melhor é para o setor, que fica “sem grandes ansiedades”.

“Eu sou dos que acredita que os operadores privados com uma posição estável e segura, sem ansiedade, é melhor para eles e também para a RTP”, declarou o responsável, que falava no almoço-debate “A RTP, o serviço público e os desafios dos media”, promovido pelo International Club of Portugal, no hotel DoubleTree by Hilton Lisbon.

Gonçalo Reis defendeu “um setor sem grandes ansiedades”, razão pela qual “quanto mais rápido e melhor se resolverem esses temas, é bom para todos”.

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), que voltou a reunir-se na terça-feira para discutir a proposta de compra da Media Capital pela Altice, pediu mais dias à Autoridade da Concorrência para se pronunciar sobre o negócio.

A data indicativa para a ERC dar parecer sobre a operação era terça-feira, mas agora espera-se que a decisão do regulador se conheça na próxima terça-feira.

Respondendo a uma questão levantada pela audiência, Gonçalo Reis referiu ser “tempo de entidades e regulador analisarem” o negócio.

“Estão seguramente a analisar com mais dados e mais profundos do que eu, como gestor, posso fazer”, notou o presidente da RTP.

Gonçalo Reis mostrou-se confiante de que “os reguladores vão, certamente, acautelar os temas fundamentais da concorrência, de acesso às várias plataformas de informação, de não discriminação e de não se criarem distorces a um ecossistema que, apesar de tudo, tem sido saudável”.

Em 11 de agosto, o Conselho de Administração da Media Capital, que detém a TVI, considerou que a operação “é oportuna e que as respetivas condições são adequadas”.

A Altice anunciou em 14 de julho, dois anos depois de ter comprado a PT Portugal (Meo), que tinha chegado a acordo com a espanhola Prisa para a compra da Media Capital, dona da TVI, entre outros meios, numa operação avaliada em 440 milhões de euros.

Em 19 de setembro, a Autoridade Nacional de Comunicações — Anacom divulgou o seu parecer sobre a operação de concentração, considerando que a compra da Media Capital pela Altice não deverá ter lugar “nos termos em que foi proposta, pois “é suscetível de criar entraves significativos à concorrência efetiva” em vários mercados.

O parecer da Anacom não é vinculativo.

No encontro de hoje, Gonçalo Reis aproveitou também para falar do serviço público prestado pela RTP, salientando que a estação “tem de fazer aquilo que os operadores privados não estão dispostos a fazer”.

Isso passa, na sua ótica, por dar voz a diferentes intervenientes e ainda por transmitir conteúdos em português, como séries, cinema independente e documentários.

Para o futuro, o responsável assegurou que a RTP “não vai parar nestas áreas” e vai, ainda, apostar no digital — setor em que é “bastante forte em comparação a operadores privados” –, bem como “nos jovens”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

O ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva (C), ladeado por Ana Teresa Lehmann, secretária de Estado da Indústria (D), e Miguel Cabrita (E), secretário de Estado do Emprego, fala aos jornalistas no final da reunião com administração e Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa para discutirem um modelo de trabalho para o próximo ano, no Ministério do Trabalho e da Segurança Social, em Lisboa, 15 de dezembro ded 2017.  Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Autoeuropa. Governo dá luz verde a creches para destravar diálogo

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
RTP espera decisão rápida sobre negócio Altice/TVI