Airbnb proíbe definitivamente festas a partir deste verão

Proibição impossibilita ajuntamentos com mais de 16 pessoas e que possam causar incómodo a vizinhos. Em 2021, mais de 6600 anfitriões no mundo foram suspensos por tentarem violar a proibição de festas.

Filipa Quito
 © AFP

A Airbnb anuncia que vai proibir festas em alojamentos alistados na sua plataforma online de forma a apoiar os anfitriões e os vizinhos. Esta foi uma medida iniciada em agosto de 2020 como temporária e que passa agora a definitiva, segundo a empresa.

De acordo com o comunicado, a Airbnb comprovou que existe uma correlação direta entre a implementação da regra em 2020 e as denúncias de festas que, no país, caíram 15% num ano. A política iniciada nesse ano já incluía um limite de ocupação de 16 pessoas, medida essa que foi motivada pela pandemia de covid-19.

Já no final de 2019, a Airbnb começou por reforçar estas medidas e proibiu as festas de "convite aberto" (festas anunciadas nas redes sociais), impedindo também os anúncios que mostravam acolher aglomerados de uma forma recorrente.

Os hóspedes que violem esta política serão penalizados. A conta pode ser suspensa e o anfitrião até pode ser banido da plataforma. No ano de 2021, mais de 6600 anfitriões em todo o mundo foram suspensos por tentarem violar a proibição de festas.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG