ANA. Aumento rápido do tráfego aéreo exige solução Montijo

Responsável da ANA defende que há necessidade de um aumento rápido da capacidade aeroportuária. Solução Montijo é a mais rápida de concretizar.

Sónia Santos Pereira
Aeroporto de Lisboa © André Luís Alves/Global Imagens

A nova variante da covid veio, mais uma vez, alterar os pressupostos de uma contínua recuperação do tráfego aéreo e consequentemente do turismo. Ainda assim, o crescimento futuro do setor carece de um aumento de capacidade aeroportuária e a solução do Montijo é a mais rápida, defende a ANA.

Como frisou Francisco Pita, CCO da ANA Aeroportos/Vinci, esta quinta-feira, no 46ª Congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo (APAV), que está a decorrer em Aveiro, "surto após surto há uma redução significativa do tráfego". E isto numa altura em que os números de novembro eram animadores.

Segundo este responsável, o tráfego estava a recuperar, verificando-se a nível nacional uma recuperação a 80% no número de passageiros face a 2019, embora de forma assimétrica nos vários aeroportos do país.

Como disse na sua intervenção no painel "Tendências do consumidor, capacidade da oferta e velocidade da retoma", a recuperação em Lisboa era de 75% em novembro, mas na Madeira registou-se o mesmo nível de tráfego, com "uma diferença mínima relativamente a 2019".

Com a nova variante, começaram "as reservas a caírem e as companhias a cancelarem". Mas, numa nota de otimismo, Francisco Pita lembrou que "a procura recupera mais rápido do que esperávamos inicialmente", logo que as condições sanitárias dão sinais de melhoria.

A recuperação é alavancada nos segmentos de lazer e viagens familiares. O segmento "corporate (empresas) não está lá", frisou.

Francisco Pita sublinhou ainda que "é impossível pensar em crescer sem aumento da capacidade aeroportuária". E lembrou que a proposta do Montijo se "consegue concretizar em quatro anos". "Outras soluções demorarão muito mais, temos necessidade de um aumento rápido".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG