Famalicão ganha terminal ferroviário de mercadorias no início de 2023

Construção de complexo, com 220 mil metros quadrados, arranca na segunda metade de 2022 graças a investimento estimado de 63 milhões de euros.

Diogo Ferreira Nunes
Presidente da Medway, Carlos Vasconcelos. © Arquivo/Global Imagens

Famalicão vai ganhar um terminal ferroviário de mercadorias no início de 2023. As obras do complexo que será construído pela Medway vão arrancar no início do segundo semestre de 2022, segundo anúncio feito nesta segunda-feira.

A construção do complexo, com 220 mil metros quadrados, deu mais um passo na semana passada, com as assinaturas do contrato de urbanização com as "entidades promotores para a Unidade de Execução da Área de Acolhimento Empresarial de Lousado, ​​​​​​​Esmeriz e Cabeçudos", adianta em comunicado o município de Vila Nova de Famalicão.

O complexo contará com ligação à linha do Minho, quatro linhas férreas de 750 metros e capacidade para 11 mil TEU (a medida equivalente ao comprimento de um contentor-padrão de mercadorias).

"O processo vai mesmo para a frente", referiu o presidente da Medway, Carlos Vasconcelos.

O presidente da câmara de Vila Nova de Famalicão, Mário Passos, destacou: "É um investimento fundamental para o desenvolvimento económico do país e a sua implementação em Vila Nova de Famalicão, no centro de uma região que é uma verdadeira locomotiva económica nacional, é a garantia para a sua rentabilização"

O investimento da Medway em Famalicão já conheceu várias versões. Em novembro de 2018, em entrevista ao Dinheiro Vivo, Carlos Vasconcelos falou no valor de 25 milhões de euros, com as obras a arrancar no início do ano seguinte.

Na apresentação oficial do projeto, em janeiro de 2019, o montante do investimento subiu para 35 milhões de euros e a infraestrutura ficaria operacional em março de 2020, com 200 mil metros quadrados e seis linhas de comboio de 750 metros.

Contudo, nada aconteceu e só houve novidades em setembro de 2021: o novo terminal passaria a contar com 220 mil metros quadrados e quatro linhas de 750 metros. O complexo ficaria pronto no final de 2022.

Agora, nesta segunda-feira, o novo prazo para o início das operações é o início de 2023.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG