Grândola ganha dois hotéis e parque logístico junto à linha de comboio

Dois investimentos estão a cargo do empresa suíça de investimento privada Qantara Capital.

Dinheiro Vivo
Simulação do hotel Jardins de Grândola, a inaugurar em 2023. © DR

A vila alentejana de Grândola conquistou o interesse de uma empresa suíça de investimento privado. A Qantara Capital vai construir um hotel no centro do concelho e um parque logístico junto à linha de comboio (com outro hotel incluído) a partir do próximo ano, segundo o anúncio feito esta quinta-feira.

O hotel Jardins de Grândola será inaugurado em 2023 e consiste num projeto de reabilitação urbana no centro da vila, em frente ao jardim 1.º de maio. Com 50 quartos e 100 camas, a unidade hoteleira terá bar, restaurante, sala de conferências, três salas de reuniões, piscina exterior e ainda um total de cinco apartamentos.

O parque logístico de Grândola começará a ser construído em 2023 e será desenvolvido em quatro fases. Ocupando uma área de 130 hectares, a infraestrutura vai ficar localizada a oito quilómetros do centro de Grândola, junto ao IC1 e à linha ferroviária da Sul.

Aproveitando a proximidade com os carris, o parque logístico terá um ramal e um terminal ferroviário, pretendo tirar partido da futura ligação a Badajoz com a construção da nova linha Évora-Elvas, que deverá ficar concluída no final de 2023.

O parque logístico terá ainda um hotel, restaurantes, lojas, escritórios e estacionamento com carregamentos elétricos e posto de combustível. Parte do terreno terá paisagem natural de carvalhos e pinheiro.

Citado em comunicado, o presidente da câmara de Grândola, António Figueira Mendes, destaca: "estes dois investimentos importantes que agora anunciamos, vão permitir, por um lado criar emprego e riqueza no nosso concelho e por outro lado atrair visitantes e aumentar o turismo".

O líder da Qantara Capital, Hadrien Fraissinet, salienta as "enormes oportunidades de desenvolvimento e investimento que Grândola oferece para além dos óbvios empreendimentos na zona costeira".

A Qantara Capital está presente em Portugal desde 2015 com projetos no imobiliário e nos recursos naturais, contando com intervenções de reabilitação urbana em Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG