Junta de Freguesia de Benfica prepara novo mandato no comboio

Comitiva com 40 dirigentes da freguesia de Benfica fez viagem de ida e volta até ao Porto para traçar prioridades até ao final de 2025. Custo da deslocação é "igual ao aluguer de uma sala de hotel por um dia inteiro", segundo presidente da junta.

Diogo Ferreira Nunes
Carruagem VIP foi recuperada pela CP em 2020 e permite reuniões sobre carris de empresas e outras entidades. © Amin Chaar / Global Imagens
Carruagem VIP foi recuperada pela CP em 2020 e permite reuniões sobre carris de empresas e outras entidades. © Amin Chaar / Global Imagens
Carruagem VIP foi recuperada pela CP em 2020 e permite reuniões sobre carris de empresas e outras entidades. © Amin Chaar / Global Imagens
Carruagem VIP foi recuperada pela CP em 2020 e permite reuniões sobre carris de empresas e outras entidades. © Amin Chaar / Global Imagens

A Junta de Freguesia de Benfica escolheu o comboio para preparar o novo mandato. Uma comitiva com 40 dirigentes juntou-se na segunda-feira para uma viagem de ida e volta entre as estações de Lisboa-Oriente e Porto-Contumil. Os passageiros utilizaram a carruagem VIP da CP para manterem seis reuniões ao longo do dia.

"Não estou a ver nenhum outro meio de transporte em que possa ter as pessoas bem instaladas. Não podíamos fretar um avião e um autocarro também não seria conveniente. Com o comboio, tirámos as pessoas do normal ambiente de trabalho com todo o conforto", destaca ao Dinheiro Vivo o presidente da junta, Ricardo Marques.

Confesso entusiasta da ferrovia, o presidente da junta destaca que a deslocação ao Porto teve "custos idênticos ao aluguer de uma sala de um hotel em Lisboa para o dia inteiro". O dia incluiu as refeições e visita às oficinas da transportadora pública ferroviária em Contumil, assim como uma apresentação do plano de recuperação da empresa.

"Queria desafiar as equipas a alargar os horizontes. Precisamos de reinventar-nos. Se virmos o trabalho da CP, com recursos portugueses, abrindo escolas e cursos de formação, corresponde àquilo que sempre defendi", assinalou o reeleito pelo PS nas últimas autárquicas.

Ricardo Marques lembrou ainda que o centro da freguesia "não está servido por transportes públicos" sem ser o autocarro. Por causa disso, o responsável defende a criação de um elétrico entre a estação de comboio de Sete Rios e a estação de metro de Amadora-Este, que "poderia servir mais de 200 mil moradores".

A carruagem VIP da CP é da série Corail. Fabricada originalmente em 1985, foi modernizada pela primeira vez em julho de 2003 e recebeu novas alterações em 2020 nas oficinas da CP. No interior, conta com uma sala de reuniões para 12 pessoas e ainda tem 23 lugares sentados. Em regime de aluguer, pode ser acrescentado um serviço de restauração personalizado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG