Período para subscrição de ações de aumento de capital da Greenvolt termina esta segunda-feira

Em causa está um aumento de capital de 99.994.277,12 euros. O preço das novas ações é de 5,62 euros e os acionistas e investidores têm direitos preferenciais de subscrição.

Dinheiro Vivo/Lusa
O período para a subscrição de ações do aumento de capital da Greenvolt, iniciou-se a 20 de junho © Diana Quintela / Global Imagens

O período para a subscrição de ações do aumento de capital da empresa de energias renováveis Greenvolt, iniciado em 20 de junho, termina esta segunda-feira, tal como indicado na informação enviada ao mercado.

Em causa está um aumento de capital de 99.994.277,12 euros, abrangendo 17.792.576 novas ações, representativas de 12,785% do capital social.

Na informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) em 9 de junho era referido que o preço das novas ações é de 5,62 euros e que os acionistas e investidores têm direitos preferenciais de subscrição.

Um dia depois de a operação ter sido comunicada ao mercado, a Altri anunciou que não iria ao aumento de capital da Greenvolt, mas que os seus acionistas teriam oportunidade de participar diretamente na operação.

"Tendo em conta que a Altri SGPS, S. A. ("Altri") se encontra num processo de autonomização total dos negócios, decidiu pela não participação no referido aumento de capital entendendo, no entanto, que deveria ser dada aos acionistas da Altri a oportunidade de o fazerem diretamente", referiu a empresa num comunicado enviado à CMVM em 10 de junho.

Em 31 de maio, a Altri anunciou que distribuiu aos acionistas 39,64% da participação que detinha diretamente na Greenvolt, reduzindo de 58,72% para 19,08% a sua posição na empresa de energias renováveis.

Segundo um comunicado enviado na segunda-feira à noite à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), "a redução da participação maioritária da Altri SGPS acontece na sequência da assembleia-geral da Altri SGPS, realizada a 29 de abril de 2022, na qual foi aprovado que a totalidade do lucro do ano 2021 e, na medida do necessário, as reservas, fossem alocados à distribuição aos acionistas da Altri SGPS de 52.523.229 ações representativas de 43,27% do capital social da Greenvolt".

Como resultado, a Altri passou a deter 19,08% da Greenvolt, num total de 23.154.783 ações.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG