Produção da EDPR aumenta 6% em 2021 com destaque para Europa e EUA

De acordo com a informação remetida à CMVM, a capacidade instalada da EDPR progrediu para 13,6 gigawatts (GW), mais 1,4 GW do que em 2020, com a Europa e a América do Norte a representarem 42% e 52%, respetivamente.

Dinheiro Vivo/Lusa
Produção da EDPR aumenta 6% em 2021 com destaque para Europa e EUA (Imagem de arquivo)

A EDP Renováveis (EDPR) gerou 30,3 terawatts por hora (TWh) de energia limpa em 2021, mais 6% do que no ano anterior, com destaque para a Europa e América do Norte, segundo um comunicado enviado ao mercado.

"A EDPR gerou 30,3 TWh de energia limpa em 2021 (+6% vs 2020), com a Europa e América do Norte representando 37% e 56% do total da geração de energia, respetivamente", lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Na Europa, verificou-se uma subida de 13% na geração de energia limpa, fruto da maior capacidade instalada e "recurso ligeiramente superior".

Por sua vez, na América do Norte, a produção caiu 2% em comparação com 2020, como resultado da nova capacidade instalada em operação, "que foi neutralizada pelo menor recurso e impacto do evento ERCOT não recorrente no primeiro trimestre de 2021".

Já na América Latina a produção cresceu 73% devido à maior capacidade instalada e maior recurso no Brasil.

De acordo com a informação remetida à CMVM, a capacidade instalada da EDPR progrediu para 13,6 gigawatts (GW), mais 1,4 GW do que em 2020, com a Europa e a América do Norte a representarem 42% e 52%, respetivamente.

"As adições de capacidade durante 2021 foram de 2,6 GW e a capacidade em construção totalizava 1,8 GW no final do ano de 2021. Depois da conclusão com sucesso das transações de rotação de ativos nos EUA e em Portugal, as adições líquidas durante o ano totalizaram 1,4 GW", apontou.

Em 2021, a EDPR alcançou um fator de utilização de 29%, o que representou uma queda de 0,8 pontos percentuais face ao ano anterior.

"A EDPR continua a acelerar o seu crescimento com 13,6 GW já instalados e uma maior diversificação tecnológica com mais de 1,1 GW de capacidade solar e 1,5 GW de capacidade bruta 'offshore' em operação e construção", acrescentou.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG