Silence são as motas elétricas com bateria removível que chegaram a Portugal

Com preços a partir dos 3902 euros, estes motociclos 100% elétricos têm uma bateria que se transforma num trolley para levar para casa e carregar a uma ficha doméstica.

Dinheiro Vivo
Silence é uma marca espanhola de motociclos 100% elétricos © DR
Silence é uma marca espanhola de motociclos 100% elétricos © DR
Silence é uma marca espanhola de motociclos 100% elétricos © DR
Silence é uma marca espanhola de motociclos 100% elétricos © DR

A estreia do Grupo Auto-Industrial como distribuidor de motociclos elétricos dá-se com a entrada da marca Silence no mercado nacional. A fabricante espanhola nasceu em 2011 com o propósito de ser um veículo elétrico revolucionário, graças à sua bateria removível.

Logo em 2012 começou a ser fabricada em Barcelona a Silence 01, uma scooter com capacidade para transportar 2 passageiros, que tem uma autonomia de até 133 quilómetros e um o sistema de extração de bateria. Este motociclo tem uma potência de 7kW e pode atingir picos de 9 kW, equivalendo a uma scooter de 125 cc a combustão.

Mas este é apenas um dos três modelos que chegam agora a Portugal. A S02 HS (High Speed) tem algumas das especificidades da S01, mas oferece mais particularidades. Podendo chegar aos 90 Km/h de velocidade máxima, conta com uma autonomia ligeiramente acima: 137 quilómetros. Esta também é equivalente a uma 125 cc nos modelos de combustão, podendo ser conduzido com carta de condução categoria A e categoria B, à semelhança do modelo S01. Já a S02 LS (Low Speed) é uma scooter com preço mais competitivo (mas já lá vamos), com menor potência e com um limite de velocidade de 45km/h, podendo alcançar 149 quilómetros de autonomia.

A grande novidade destas motas elétricas é que são dotadas de "um sistema de rodas articuladas, que permite que o condutor possa facilmente remover a bateria e transportá-la como se fosse uma mala do tipo trolley", explicam em comunicado. Desta forma é fácil estacionar em qualquer lugar, à porta de casa ou do trabalho, e levar a bateria para carregar numa ficha doméstica.

Como não podia deixar de ser, a tecnologia é um ponto forte da Silence. Todos os modelos "podem ser conectados a um smartphone para que, através de uma aplicação, o condutor tenha acesso a várias informações: verificar o estado da moto e da bateria; saber em tempo real onde está a scooter; ligar e desligar remotamente; abrir automaticamente o assento; planear uma rota; e conhecer as estatísticas do CO2 que não foram emitidos enquanto circulou".

<strong>Aposta na relação preço/qualidade</strong>

"A Auto-Industrial tem sido pioneira no setor automóvel e a representação da Silence reforça esse pioneirismo", explica no mesmo comunicado Sérgio Bandeira, diretor-geral da Silence em Portugal. "Estamos muito otimistas quanto à recetividade da marca no mercado português porque, por um lado estamos a lidar com um produto amigo do ambiente e, por outro, sabemos que vamos oferecer uma excelente relação preço/qualidade."

Quanto aos preços, a S02 LS custa a partir de 3902 euros, de acordo com informação no site da marca. A S02 HS custa desde 5693 e a S01 situa-se entre os 5922 euros da versão basic e os 8285 euros da mais equipada.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG