Angola respondeu por 75% dos lucros do BPI

O BFA, que o BPI detém em 50,1%, contribuiu com 79,1 milhões de euros para os resultados líquidos do banco português

O Banco de Fomento Angola (BFA) respondeu por 75% dos lucros do BPI, com um contributo de quase 80 milhões de euros.

Nas contas apresentadas esta terça-feira, o banco liderado por Fernando Ulrich reportou lucros de 105,9 milhões de euros, um aumento de 39,1% face a igual período do ano passado.

Do bolo total, a atividade internacional contribuiu com 81,4 milhões de euros. E, desse montante, a quase totalidade veio de Angola. O BFA, que o BPI detém em 50,1%, contribuiu com 79,1 milhões de euros, o equivalente a 75% dos resultados líquidos conseguidos pelo banco português.

O contributo do BFA para os resultados do BPI melhorou em 18,2%, detalha ainda o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de