Energia

António Vitorino renuncia a cargos na EDP

( Gustavo Bom / Global Imagens )
( Gustavo Bom / Global Imagens )

O advogado António Vitorino renunciou ao cargo de presidente da mesa da assembleia-geral da EDP e de membro do Conselho Geral e de Supervisão, anunciou hoje ao mercado a energética.

“A EDP — Energias de Portugal vem informar o mercado e o público em geral de que o Dr. António Manuel de Carvalho Ferreira Vitorino apresentou a sua renúncia ao cargo de presidente da mesa da assembleia geral e, por inerência estatuária, de membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em 31 de julho, o antigo eurodeputado já havia renunciado ao cargo de vogal no Conselho de Administração do Banco Santander Totta.

Em 29 de junho, António Vitorino foi eleito diretor-geral da Organização Internacional das Migrações (OIM) por aclamação.

O candidato português venceu as três primeiras rondas de votação, tendo passado à quarta com a candidata costa-riquenha, Laura Thompson.

Natural de Lisboa, António Vitorino, 61 anos, desempenhou também funções como deputado socialista, advogado, consultor empresarial, professor e comentador.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Global Imagens

Juros para compra de casa caem para metade desde 2015

aeroporto

easyJet contesta lei que permite à ANAC intervir na gestão de slots

Fotografia: José Carlos Pratas/Global Imagens

Governo não muda regras de IRS para salários de anos anteriores

Outros conteúdos GMG
António Vitorino renuncia a cargos na EDP