Após falhar entrada no S&P 500, ações da Tesla caem 18%

As ações da Tesla caíram 18% na abertura da sessão desta terça-feira, depois de a empresa falhar a entrada no índice S&P 500.

Na passada sexta-feira, o comité responsável pela composição do índice S&P 500 trocou as voltas à fabricante de carros elétricos Tesla. A empresa ficou de fora da lista de novas adições, enquanto empresas como o site Etsy ou a farmacêutica Catalent tiveram entrada no índice.

Na abertura da sessão desta terça-feira, a primeira após o anúncio, já que esta segunda foi feriado nos EUA, as ações da Tesla derraparam 18%, o pior desempenho da empresa de veículos elétricos desde março, de acordo com dados da Bloomberg.

Com o desenrolar da sessão os títulos da Tesla recuperaram ligeiramente, passando para uma desvalorização de 13,48%, com cada ação a 361,94 dólares (cerca de 306 euros).

Alguns investidores e analistas davam a entrada da Tesla no índice como quase certa. Apesar de quebras registadas nas sessões da semana passada, os títulos da empresa de Elon Musk já valorizaram 400% desde o início deste ano. A empresa tem tido o segundo melhor desempenho no Nasdaq, ultrapassada apenas pela plataforma de videoconferência Zoom.

Embora o comité responsável pela inclusão de novas empresas no índice S&P 500 não justifique a decisão, alguns analistas apontam que a Tesla poderá ter ficado de fora da lista devido à subida acelerada do valor dos títulos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de