Tecnologia

Apple assina acordo de 520 milhões com empresa britânica de chips

hand-apple-iphone-smartphone

A Apple assinou um acordo de mais de 520 milhões com a Dialog Semiconductor. Com a operação, vai ter acesso a alguns ativos, incluindo funcionários.

A Apple vai comprar uma parte da britânica Dialog Semiconductor, uma empresa que fornece chips. A operação está avaliada em 600 milhões de dólares, mais de 520 milhões de euros no câmbio atual, e foi revelada esta quinta-feira, 11 de outubro. Com este negócio, explica a agência Reuters, a empresa da maçã vai ter assim acesso a patentes da tecnológica britânica, bem como a uma equipa de 300 engenheiros e aos escritórios da Dialog no Reino Unido, Itália e Alemanha.

A Dialog Semiconductor não é uma empresa desconhecida para a Apple. Pelo contrário. Têm um relacionamento há anos. Desde que os primeiros iPhone foram lançados que a companhia liderada por Tim Cook utiliza chips produzidos pela Dialog para gerir a vida das baterias dos iPhone, indica a mesma fonte.

No âmbito desta operação, de acordo com a agência Bloomberg, a Apple vai pagar à Dialog 300 milhões de dólares já, sendo que o remanescente será pago nos próximos anos com a entrega de produtos. Já a tecnológica britânica ficou com vários contratos com a Apple, incluindo um subsistema de áudio e circuitos integrados de carregamento e sinal.

Em comunicado, a Dialog garante que vai continuar a produzir chips para outros clientes, focando-se nomeadamente no setor automóvel e internet-of-things. “Esta transição reafirma a nossa longa relação com a Apple e demonstra o valor dos fortes negócios e tecnologia que construímos na Dialog”, disse Jalal Bagherli, CEO da Dialog, em comunicado, citado pela Reuters.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

7º aniversário do Dinheiro Vivo: Conferência - Sucesso Made in Portugal. 
Pedro Siza Vieira, Ministro da Economia
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Made from Portugal: desafio para os próximos 7 anos

Lisboa, 11/12/2018 - 7º aniversário do Dinheiro Vivo : Conferência - Sucesso Made in Portugal, esta manhã a decorrer no Centro Cultural de Belém.
Rosália Amorim, Directora do Dinheiro Vivo; Antonoaldo Neves, CEO da TAP; João Carreira, Co-fundador e Chairman da Critical Software; Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova; João Miranda, CEO da Frulact; Rafic Daud, Co-fundador e CEO da Undandy; Helder Dias, VP of Engeneering da Farfetch 
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Um unicórnio na China, papel higiénico sexy e patê de algas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Apple assina acordo de 520 milhões com empresa britânica de chips