Tecnologia

Apple começa a pagar em maio 13 mil milhões de impostos à Irlanda

Pagamento resulta de determinação imposta por Bruxelas em agosto de 2016

A Apple vai começar a pagar em maio 13 mil milhões de euros em impostos à Irlanda, 19 meses depois de Bruxelas ter considerado que a companhia liderada por Tim Cook recebeu benefícios ilegais de Dublin através de um sistema fiscal que não estava disponível para outras empresas.

Bruxelas determinou pela devolução de 13 mil milhões de euros, valor que tem vindo a aprovisionado numa conta que não é movimentada, até uma decisão do Tribunal Europeu sobre o apelo feito por Irlanda que contestou a decisão da Comissão Europeia. “Este é um dia muito, muito significativa em termos de resolução deste assunto”, disse Paschal Donohoe, ministro das Finanças irlandês, citado pelo Finantial Times.

Leia ainda: O que significam os 13 mil milhões de euros para a Apple?

“Este é o maior fundo de recuperação de sempre deste tipo alguma vez a ser criado e, dada a sua complexidade, juntamente com o nosso dever de cumprir com as regras de procurement da União Europeia, levou algum tempo a chegar a este ponto”, disse o ministro das Finanças irlandês. O pagamento deverá estar concluído em setembro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Apple começa a pagar em maio 13 mil milhões de impostos à Irlanda