Aprovado plano de proteção de rendimentos para advogados, solicitadores e agentes de execução

Caso estejam em situação de incapacidade temporária para o trabalho, por doença ou acidente, este plano disponibiliza um pagamento equivalente a 70% da remuneração convencional mensal escolhia pelo beneficiário.

Em comunicado, a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores indica que foi aprovada pelo Conselho Geral da CPAS a proposta para um plano de proteção de rendimentos para advogados, solicitadores e agentes de execução em situação de incapacidade temporária absoluta por doença ou acidente.

Explicando que esta solução de proteção é desenvolvida pela CPAS com a companhia de seguros AIG, é indicado que os beneficiários poderão ter acesso, "nas situações previstas, a um pagamento equivalente a 70% da remuneração convencional mensal escolhida".

"Esta solução de protecção dos Beneficiários da CPAS tem a forma de um Seguro de Acidentes Pessoais e Doença cujos prémios são assumidos pela Caixa de Previdência dos Advogados e dos Solicitadores, ou seja, sem custo para os Beneficiários", é indicado.

Esta garantia de rendimento pode ser estendida de seis a 24 meses, "mediante acordo e copagamento do interessado".

Estarão também incluídas, "em certas condições, a cobertura das complicações pré-parto que possam originar uma incapacidade temporária absoluta, valência especialmente importante para parte significativa do universo do conjunto dos advogados, solicitadores e agentes de execução".

A medida abrangerá a partir de dia 1 de janeiro todos os beneficiários com pagamento de contribuições e sem qualquer dívida de contribuições reportada até dia 31 de dezembro de 2020.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de