mobilidade

Aptoide cria empresa para vender soluções para indústria automóvel

Aptoide | Paulo Trezentos | Álvaro Pinto
Paulo Trezentos, à esquerda, e Álvaro Pinto, à direita, são os dois fundadores da loja de aplicações Aptoide. Foto: Paulo Spranger/Global Imagens

Loja portuguesa de aplicações móveis juntou-se aos franceses da Faurecia para agrupar serviços para fabricantes automóveis.

A Aptoide, a terceira maior loja de aplicações móveis do mundo, criou uma nova empresa dedicada à indústria automóvel. A plataforma portuguesa liderada por Paulo Trezentos associou-se aos franceses da Faurecia para esta nova área de negócio, que vai desenvolver e operar aplicações móveis no sistema Android para esta indústria. Nesta joint-venture, as duas empresas vão ter uma participação de 50% cada uma, segundo o anúncio feito esta terça-feira.

Nesta nova empresa, serão desenvolvidas e oferecidas aos fabricantes automóveis soluções acessíveis e seguras para esta indústria, com conteúdos adaptáveis por região. Enquanto a Aptoide contribui com a sua loja, a Faurecia mostra as suas soluções para cibersegurança e infotainment.

A Faurecia assinala que a Aptoide conta, na sua loja, com um milhão de aplicações para áreas como jogos, navegação, serviços de streaming, e recomendações para estacionamento. A loja portuguesa também proporciona soluções que geram receitas para as fabricantes automóveis, ao mesmo tempo que asseguram a privacidade dos dados do veículo e dos respetivos ocupantes.

“A conectividade é uma das grandes tendências da indústria automóvel. Esta parceria permite reunir os conhecimentos de inovação e da indústria para proporcionar a melhor solução de loja de aplicações Android para a indústria automóvel de todo o mundo”, destaca Paulo Trezentos, presidente executivo da Aptoide, citado em nota de imprensa.

O líder da Faurecia, Patrick Koller, considera que esta joint-venture vai “proporcionar novas experiências para os consumidores e criar novos modelos de negócio às fabricantes automóveis com esta solução flexível”.

Fundada em 2009, a Aptoide conta com 250 milhões de utilizadores.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Aptoide cria empresa para vender soluções para indústria automóvel