Ascendi fica com 25% da Via Verde após exercer direito de preferência

Concessionária de autoestradas do grupo Ardian reforça participação na Via Verde após venda de posição da gestora do Multibanco.

A Ascendi passa a deter 25% das ações da Via Verde. A concessionária de autoestradas detida pela Ardian exerceu o direito de preferência depois de a SIBS (gestora do Multibanco) ter vendido a posição de 25%, noticia esta quarta-feira o Jornal de Negócios.

A concessionária de autoestradas como A4, A41 e A42 confirmou ao jornal que exerceu o direito de preferência depois do acordo entre a SIBS e a Brisa para a alienar os 20% que a gestora da rede Multibanco detinha na Via Verde.

No início de novembro, na sequência da venda da posição da SIBS, a Brisa tinha informado que iria controlar 80% da Via Verde. Não foram revelados os montantes da transação.

Depois de exercer o direito de preferência, a estrutura acionista da Via Verde fica dividida entre Brisa (75%) e Ascendi (25%). Anteriormente, a estrutura acionista da Via Verde dividia-se entre Brisa (60%), Ascendi e SIBS, cada uma com 20%.

A Via Verde quer investir 30 milhões de euros até 2025, prevendo aplicar 10 a 15 milhões já nos próximos dois anos, adiantaram António Pires de Lima, CEO da Brisa, e Eduardo Ramos, administrador do grupo responsável pela Via Verde​​​​​​​, em entrevista à mesma publicação no início de novembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de