ataque informático

Hackers terão tido acesso a dados de 500 milhões de clientes do Marriott

Marriott
Fotografia: REUTERS/Andrew Kelly

O Marriott foi alvo de um ataque informático, o que terá dado acesso a informações pessoais de um potencial universo de 500 milhões de clientes.

O ataque foi direcionado à base de dados da marca Starwood Hotel, que faz parte do grupo Marriott International. O ataque foi assumido pela empresa, que refere também que já começou a investigação e que terá percebido que um acesso indevido copiou e encriptou informações dos clientes. Segundo a CNBC, este acesso estaria disponível desde 2014.

Entre a informação que terá sido corrompida estão dados como nomes, moradas, números de telefones, endereços de email, números de passaporte, datas de nascimento, género e outras informações pessoais, revelou o grupo Marriott. A empresa não descarta a possibilidade de o ataque ter tido acesso a números de cartão de crédito e respetivas datas de validade do cartão. Ainda assim, o Marriott refere que estes dados estariam encriptados.

A questão é que o grupo também refere que, para ultrapassar a encriptação dos dados dos cartões, são precisos dois componentes. O hotel assume que, neste momento, não é possível garantir que também estas informações não tenham sido roubadas.

Os hotéis Starwood foram comprados pelo grupo Marriott, em 2016.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
trabalho emprego comissão europeia

Bruxelas quer criar 5 novos impostos e dar 15 mil milhões de euros a Portugal

Vieira da Silva, ex-ministro do Trabalho e Segurança Social. 
Fotografia: Natacha Cardoso / Global Imagens

Governo deve reforçar apoios sociais e aos jovens e rever o lay-off

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

1356 mortos e 31292 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Hackers terão tido acesso a dados de 500 milhões de clientes do Marriott