Aumento aprovado: Eletricidade vai subir 2,8% em 2014

Está confirmado. O preço da luz vai mesmo subir 2,8% em janeiro de 2014, anunciou a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Está assim aprovada, pelo conselho tarifário, a proposta do regulador apresentada a 15 de outubro e que se reflete em mais 1,21 euros por mês numa conta média mensal de 46,5 euros (já com IVA a 23%).

Este aumento abrange apenas os consumidores que estão no mercado regulado – cerca de quatro milhões que são clientes da EDP Serviço Universal – e que neste momento têm já as chamadas tarifas transitórias que são temporárias porque vão acabar de vez em 2016, quanto todos os consumidores estiverem no mercado livre.

Por serem transitórias estas tarifas são também revistas trimestralmente e a cada revisão podem subir, ficar iguais ou descer, ao longo do ano. Até agora, a eletricidade subiu apenas em janeiro e o preço manteve-se em todas revisões trimestrais.

A ERSE confirmou também o aumento de 1% da tarifa social para os consumidores domésticos com menos rendimentos, ou seja, mais 23 cêntimos por mês numa fatura mensal de 23,5 euros (já com o IVA a 23% incluído). Contudo, esta tarifa não é transitória e, por isso, mantém-se o ano inteiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
2. Os telemóveis desvalorizam até 78% do investimento num ano

Burlas com SMS custam um milhão por ano aos consumidores

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

Austin, EUA

Conheça o ranking das cidades mais desejadas pelos millennials em 2020

Aumento aprovado: Eletricidade vai subir 2,8% em 2014