mercadorias

Aumento dos combustíveis é a mudança que tira mais o sono aos camionistas

Fotografia: Fernando Fontes / Global Imagens
Fotografia: Fernando Fontes / Global Imagens

Quase três quartos dos inquiridos (73%) dorme mal ou tem insónias ao pensar num cenário de aumento do preço dos combustíveis.

Cada vez que aumenta o preço dos combustíveis, os camionistas perdem o sono. Esta é a mudança que mais condiciona os motoristas dos camiões, segundo um barómetro sobre o transporte rodoviário de mercadorias elaborado pela ANTRAM, associação que junta as empresas de transporte de mercadorias, em parceria com a Transportes em Revista e a consultora Grounded divulgado esta segunda-feira.

Quase três quartos dos inquiridos (73%) dorme mal ou tem insónias ao pensar num cenário de aumento do preço dos combustíveis. A incerteza fiscal tira o sono a 71% dos trabalhadores desta área e as subidas de impostos prejudicam o descanso de 67% dos camionistas. A possibilidade de haver leis mais restritivas afeta sobretudo os trabalhadores mais novos – entre 26 e 34 anos – e os mais seniores, com mais de 65 anos.

As mulheres e os trabalhadores sem grau universitário também são os mais afetados pelas diferentes alterações do mercado, refere também o estudo. Em sentido contrário, os inquiridos dos distritos de Lisboa e do Porto são os mais positivos em relação ao desenvolvimento da economia.

O estudo elaborado pela ANTRAM foi realizado durante o mês de setembro junto de 15 000 pessoas que trabalham no sector do transporte rodoviário de mercadorias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Pedro Siza Vieira, Ministro da Economia
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Siza Vieira. “Empresas portuguesas são naturalmente abertas ao exterior”

Antonoaldo Neves, CEO da TAP

Montijo não é solução para a TAP. “Queremos resolver o casamento com a Portela”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Aumento dos combustíveis é a mudança que tira mais o sono aos camionistas