Minas

Australiana vai explorar ouro e cobre em Alcoutim

Alcoutim

Auroch Minerals vai adquirir 65% do capital da Bolt Resources e irá pagar 1,1 milhões para financiar as operações

A empresa mineira australiana Auroch Minerals vai avançar com a exploração mineira em Alcoutim, na faixa piritosa junto à Mina de Neves-Corvo, em Castro Verde, no Alentejo. A australiana vai ficar com uma participação de 65% da Bolt Resources, que detém as licenças, com o direito a reforçar para 75%, se assim o entender.

O acordo prevê que a Auroch pague 1,1 milhões para financiar as operações que atualmente já estão a decorrer, segundo a informação divulgada pela empresa, cotada na Bolsa de Sydney. Em troca, ficará com 65% do capital da Bolt.

A empresa terá também a possibilidade de reforçar a sua participação para 75% pagando mais 960 mil euros, juntamente com um empréstimo de 40 mil euros adicionais, à dona da licença naquela região mineira. Com esta licença a Auroch pode explorar depósitos de ouro, prata, cobre, zinco, chumbo, tungsténio e outros metais associados durante três anos e com um máximo de duas extensões de um ano, segundo a informação divulgada.

O acordo foi fechado no seguimento da atribuição de três licenças para sondagem no projeto Alcoutim, que tem potencial de cobre e zinco. A expectativa é que as perfurações arranquem dentro de dez semanas, dentro do que as licenças atribuídas pelo governo permitem.

O projeto prevê exploração entre 3000 e 5600 metros de profundidade, pelo que exige grandes investimentos. O projeto de Alcoutim está situado junto a outros dois grandes projetos mineiros: a Mina de Neves-Corvo, concessionada pela Somincor, detida pelos canadianos da Lundin Mining e que anunciaram na passada semana um investimento de 250 milhões de euros para duplicar a produção de zinco; e das minas de Aljustrel, exploradas pela Almina.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

EPA/Enric Fontcuberta

Mais de 100 mil recibos verdes candidataram-se ao apoio à redução da atividade

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Australiana vai explorar ouro e cobre em Alcoutim