Azul confirma injeção de 90 milhões no capital da TAP

A operação faz parte da injeção de 120 milhões de euros no capital da TAP, sob a forma de um empréstimo obrigacionista

A Azul, companhia aérea detida por David Neeleman, um dos novos acionistas da TAP, confirmou esta segunda-feira a injeção de perto de 90 milhões de euros no capital da companhia aérea portuguesa.

"A Azul Linhas Aéreas Brasileiras acaba de investir aproximadamente 100 milhões de dólares em títulos conversíveis em ações preferenciais da TAP Portugal, o que dará à companhia brasileira o direito de deter aproximadamente 40% do valor económico da aérea portuguesa na ocasião da conversão do título e após aprovação da Autoridade Nacional da Aviação Civil de Portugal", refere a Azul, em comunicado divulgado esta segunda-feira.

A operação, que já tinha sido anunciada, é a primeira parte da injeção de 120 milhões de euros no capital da TAP, sob a forma de um empréstimo obrigacionista, que poderá ser subscrito, em cerca de 30 milhões, pelo Estado português.

A injeção de 90 milhões, acrescenta a Azul, "decorre do acordo de 450 milhões de dólares do HNA Group", anunciado no final de 2015, quando o conglomerado chinês aceitou tornar-se acionista da Azul, com 23,7% do valor económico da companhia brasileira. O investimento na TAP "foi um requisito do acordo entre Azul e HNA Group.

"A Azul acredita que este investimento fortalece os interesses comuns entre a companhia, a TAP e o HNA Group e abre espaço para explorar ainda mais acordos comerciais, negociações conjuntas, parcerias para otimização de frota e oportunidades globais de trabalho e carreira para seus tripulantes. Tudo sempre com aprovação das autoridades competentes", conclui o comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de