Back Market chega a Portugal com gadgets recondicionados por menos 70%

Redução da pegada ambiental e preços mais baixos são as duas principais estratégias da marca francesa de aparelhos tecnológicos recondicionados que acaba de entrar no mercado português.

Vender telemóveis, tablets, computadores, TVs, sistemas de som e outros gadgets recondicionados é o negócio da francesa Back Market, que acaba de abrir uma loja online em Portugal. As vantagens? O reaproveitamento contribui para um acesso mais democrático e alargado a este tipo de dispositivos, já que os mesmos podem ser vendidos com descontos de 30% a 70% face ao produto novo, além de que permite a redução da pegada ambiental por meio da reutilização.

"Os recondicionados são a escolha mais económica e sustentável do mercado e, apostando na qualidade, conseguimos que os consumidores valorizem cada vez mais esta alternativa. O nosso objetivo é tornarmos mesmo este modelo de venda de tecnologia uma primeira escolha para compras de recondicionados, de forma a que, ambientalmente, consigamos marcar a diferença", explica em comunicado enviado às redações Thibaud Hug de Larauze, CEO do Back Market, que acredita no potencial da empresa em atenuar a produção de lixo eletrónico, prejudicial para o meio ambiente.

De facto, a indústria tecnológica é uma das mais poluentes, tendo em conta todos os materiais que são necessários para produzir um aparelho, como um smartphone ou computador portátil, por exemplo. Daí as vantagens de dar uma segunda vida a estes aparelhos.

A Back Market afirma-se como líder mundial na revenda de aparelhos eletrónicos. A marca francesa está presente em 14 países e chega agora a Portugal, além da Suécia, Eslováquia e Canadá. Assente num conceito de economia circular, a empresa que já detém atualmente 5 milhões de clientes pelo mundo afirma querer revolucionar o consumo tecnológico dos portugueses, incentivando-os a dar uma segunda vida a dispositivos recondicionados e sujeitos a elevados níveis de verificação técnica que asseguram o seu normal funcionamento.

Disponível online em Portugal, como a própria marca explica, os aparelhos foram "verificados, reparados e trazidos de volta às perfeitas condições de funcionamento antes de serem vendidos no Back Market".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de