Balcões do Barclays passam a Bankinter a 4 de abril

Banco espanhol assume operação do Barclays no início de abril. Separação completa do negócio fica concluída no quarto trimestre de 2016.

O décimo maior banco espanhol por ativos comprou o negócio de retalho e de seguros do Barclays em Portugal por 175 milhões de euros. No dia 4 de abril, o Bankinter assume o controlo efetivo da operação.

Neste momento, está em marcha um projeto de rebranding que, numa primeira fase, prevê a alteração da imagem exterior, eliminando as referências ao Barclays. Numa fase posterior, será remodelado o interior dos 84 balcões do Barclays.

Num encontro com jornalistas portugueses em Madrid, José Luís Vega, diretor do gabinete de integração do Bankinter em Espanha, destaca “a rápida implementação da marca Bankinter em Espanha”. O controlo do Barclays será assumido a 2 de abril, uma sexta-feira. Durante o fim de semana será implementada a alteração da marca e no dia 4 de abril, segunda-feira, os balcões abrem com nova imagem. “A compra, anunciada em setembro de 2015, estará totalmente concluída no último trimestre de 2016”, explicou.

A aprovação dos reguladores - Banco de Portugal e Banco Central Europeu - permitiu antecipar em três meses a conclusão da operação. "Vamos intensificar os trabalhos durante os próximos três meses até ao dia D".

Sem revelar o montante do investimento na mudança da marca, o Bankinter assume que a alteração de imagem é um processo “ambicioso” e “rápido”. No dia 4 de abril, os balcões do Barclays já terão a imagem do Bankinter.

Bankinter descarta fecho de balcões

Os diretores do Bankinter reiteram que não têm em marcha qualquer plano de redimensionamento da estrutura adquirida ao Barclays. Com 84 agências e mil funcionários, o Bankinter manterá a atual estrutura.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de