Banca portuguesa terá exposição de 570 milhões a Isabel dos Santos

Banco de Portugal terá solicitado informação atualizada aos bancos sobre financiamentos concedidos a Isabel dos Santos e às suas empresas.

A banca portuguesa terá uma exposição de pelo menos 570 milhões de euros a Isabel dos Santos e às suas empresas, avança o semanário Expresso na edição deste sábado. Os créditos da filha do antigo presidente de Angola, Eduardo dos Santos, estarão repartidos entre 13 instituições financeiras, sendo que apenas três concentrarão metade desses empréstimos.

A maioria dos créditos terão sido contraídos para a compra da Efacec, onde a empresária angolana detém 70% do capital (que entretanto colocou à venda). Segundo o Expresso, os bancos CGD, Montepio, Novo Banco, BPI e BCP concederam empréstimos para a compra da empresa portuguesa.

O semanário avança ainda que o Banco de Portugal solicitou às instituições financeiras informação atualizada sobre estes financiamentos.

Já o Correio da Manhã avança que a banca portuguesa emprestou 420 milhões de euros a Isabel dos Santos entre 2009 e 2015, e que 306 milhões já estarão liquidados. O BCP e a CGD terão sido os principais financiadores. O primeiro terá emprestado 172 milhões de euros, e o banco público 148 milhões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de