Banco CTT com 42,4 milhões de euros em moratórias até março

A 31 de março de 2021 existiam 769 moratórias que correspondem a 42,4 milhões de euros.

O Banco CTT fechou março com receitas de 21,2 milhões de euros, mais 8,7% do que face ao período homólogo. O banco tinha até ao final do primeiro trimestre 42,4 milhões de euros em moratórias, de acordo com o relatório e contas dos CTT hoje divulgado.

"Este crescimento contou com a performance positiva da margem financeira, que atingiu 11,6 milhões de euros no primeiro trimestre de 2021, um progresso de 10,9% face ao primeiro trimestre de 2020. O rácio de transformação no final do primeiro trimestre de 2021 ascendeu a 62,7%", destaca os CTT.

Os depósitos de clientes atingiram os 1 798 milhões de euros (+6,4% face a dezembro de 2020) com o número de contas a subir para 529 mil contas (mais 12 mil que no final do ano de 2020).

"A 31 de março de 2021 existiam 769 moratórias que correspondem a 42,4 milhões de euros (33,0 milhões de euros de crédito à habitação, 6,5 milhões de euros de crédito automóvel e 2,8 milhões de euros de outros créditos), representando 3,7% do total da carteira bruta de crédito", refere a empresa.

"Do total de moratórias terminadas, existem cerca de 2,5 milhões de euros com atrasos superiores a 30 dias, que representa cerca de 10% do total de moratórias privadas terminadas em 30 de setembro de 2020, verificadas no segmento de crédito automóvel."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de