Banco de Portugal dá luz verde a nova equipa do Banco do Fomento

Instituição Financeira de Desenvolvimento estava em gestão corrente por falta de administradores.

Depois de meses em gestão corrente, os nomeados para a gestão da Instituição Financeira de Desenvolvimento receberam luz verde do Banco de Portugal. A autorização foi concedida a 24 de agosto e permite à entidade que tem como missão financiar projetos de investimento e capitalizar empresas.

“O Banco de Portugal concedeu no passado dia 24 de agosto autorização para o exercício de funções aos membros dos órgãos sociais da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) para o mandato 2018-2020”, refere a IFD no seu site.

A entidade indica que “o novo Conselho de Administração do banco promocional português é composto por Nuno Sousa Pereira (Presidente), Henrique Cruz (Vice-presidente e Presidente da Comissão Executiva), Maria Eduarda Vicente, Frederico Serras Gago, Jorge Barbosa Farinha, Filipe Cartaxo e Ana Beatriz de Freitas, com os três últimos responsáveis a integrarem ainda a Comissão de Auditoria da IFD”.

O impasse na nomeação de uma nova administração estava a causar constrangimentos à atuação desta entidade. Devido à falta de administradores suficientes, a IFD não podia assinar contratos e lançar novas linhas de financiamento. Apesar de já estar há meses sem presidente, devido à demissão de José Fernando Figueiredo em julho do ano passado, o governo apenas nomeou novos gestores em junho deste ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de