Luanda Leaks

Banco de Portugal investiga papel de Teixeira dos Santos no EuroBic

Fernando Teixeira dos Santos terminou o mandato como presidente executivo do EuroBic em dezembro 

(Filipe Amorim / Global Imagens)
Fernando Teixeira dos Santos terminou o mandato como presidente executivo do EuroBic em dezembro (Filipe Amorim / Global Imagens)

Declarações do presidente executivo do banco à RTP sobre transferências da Sonangol em novembro de 2017 justificam ação do supervisor.

Fernando Teixeira dos Santos, presidente executivo do EuroBic, está a ser investigado pelo Banco de Portugal. Segundo o jornal Público desta quarta-feira, estão em causa as declarações do banqueiro à RTP relativamente à transferência de um total de 135 milhões da Sonangol para uma sociedade no Dubai nos dias 14 e 15 de novembro de 2017, antes de Isabel dos Santos ter sido destituída do cargo de presidente executiva da Sonangol. Esta transferência foi tornada pública por causa do escândalo Luanda Leaks.

O Banco de Portugal abriu um inquérito para se certificar de que as informações dadas por Teixeira dos Santos são verdadeiras e se foram cumpridos os critérios em situações equiparadas. O supervisor também quer perceber se o EuroBic teve ou deveria ter tido conhecimento da destituição de Isabel dos Santos antes da divulgação, se o banco tinha indícios da ligação da empresária a uma sociedade no Dubai e ainda se a Sonangol dava com regularidade instruções para o EuroBic movimentar quantias daquela grandeza e com aquela frequência – dois dias seguidos.

No final de janeiro, Teixeira dos Santos garantiu, em entrevista à RTP, que as transferências da Sonangol executadas pelo banco por ordem da empresária Isabel dos Santos foram “legítimas”. Adiantou também que as transferências foram feitas pelo responsável financeiro da Sonangol antes de o Banco ter tido conhecimento da saída de Isabel dos Santos e do responsável financeiro da petrolífera.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa e Silva, responsável pelo plano para a economia nacional nos próximos dez anos.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Plano de Costa Silva. As bases estão lá, falta garantir boa execução

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Risco de austeridade? “Depende de como evoluir a economia”

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )Filipe Santos
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Há um conjunto de empreendedores que vai continuar

Banco de Portugal investiga papel de Teixeira dos Santos no EuroBic