Banco Popular nega problemas de liquidez

Banco espanhol veio desmentir que estava a preparar uma venda urgente

O espanhol Banco Popular veio esta sexta-feira desmentir a informação avançada pelo El Confidencial de que estaria com problemas de liquidez e a tentar uma venda urgente.

O banco, que avançou em maio do ano passado com um aumento de capital de 2,5 mil milhões de euros, veio "desmentir categoricamente que tenha ordenado uma venda urgente" e que haja "um risco de falência", segundo um comunicado enviado ao regulador de mercado espanhol.

O Banco Popular avançou também que está a planear um aumento de capital ou uma operação societária, a decorrer ainda em maio. A operação também está a ser acompanhada pelo regulador de mercado espanhol, que já veio desmentir o risco de falta de liquidez.

O Banco Popular avançou com uma reestruturação que abrangeu Portugal: o objetivo é cortar 295 trabalhadores e encerrar 47 balcões.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de