Bancos emprestaram 1295 milhões para compra de casa em junho

Montante representa uma ligeira descida face ao novo crédito à habitação concedido em maio.

Os bancos emprestaram 1295 milhões de euros para a compra de casa no mês de junho, o que representa uma queda de 1,4% face ao montante de novos créditos à habitação concedido em maio.

O montante eleva para 7178 milhões de euros o valor dos empréstimos concedidos para crédito à habitação em Portugal, desde o início de 2021, e compara com 5342 milhões de euros registados nos primeiros seis meses do ano passado.

Nos novos créditos ao consumo, foram concedidos 420 milhões de euros, uma descida de cinco milhões de euros face ao mês anterior, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Banco de Portugal. Nos empréstimos para outros fins, o valor subiu para 223 milhões de euros de 178 milhões de euros.

"Nas novas operações de empréstimos a particulares para habitação, a taxa de juro média, em junho, manteve-se sem alterações em 0,83%", adianta o supervisor bancário.

"No crédito ao consumo e para outros fins, as taxas de juro médias foram de 6,49% [6,38% em maio] e de 3,29% [3,90% em maio], respetivamente", adianta.

Atualizada às 13H22 com mais informação

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de