media

Bareme Imprensa. Dinheiro Vivo é o título de economia mais lido

Capa

Os dados da 1ª vaga do Bareme Imprensa, estudo de audiências da Marktest, acabam de ser conhecidos. DV aumentou os seus leitores

O Dinheiro Vivo é o título económico mais lido do país. Com 323 mil leitores semanais, a marca de economia do Global Media Group (GMG), fica à frente de títulos como o suplemento de economia do Expresso, o Jornal Económico, a revista Exame ou o Jornal de Negócios, segundo os dados da primeira vaga do Bareme Imprensa, estudo de audiências de imprensa da Marktest.

A edição de sábado do Dinheiro Vivo obteve na primeira vaga do ano do estudo da Marktest uma audiência de 3,8% (+0,9 pontos percentuais face a período homólogo do ano passado), tendo sido lido por semana por uma média de 323 mil leitores, mais 29,2% do que há um ano.

O suplemento de economia do Expresso regista na primeira vaga uma audiência de 2,5%, um resultado que representa uma descida de 0,7 pp face ao período homólogo. O suplemento de economia do semanário da Impresa é lido semanalmente por uma média de 210 mil leitores, valor que representa uma descida de 22,22% em relação à 1ª vaga de 2017.

O Jornal Económico surge na terceira posição com uma audiência de 2,1%, uma subida de 0,2 pp se comparado com igual período do ano passado. O título é lido semanalmente por uma média de 179 mil leitores, mais 7,19% do que há um ano.

Na quarta posição surge a Exame. A revista mensal registou uma audiência de 1,9% (menos 0,3 pp do que há um ano), a mesma do Jornal de Negócios (-0,4 pp). Mas olhando para o número de leitores, a revista agora detida pela editora Trust in News é lida mensalmente por uma média de 163 mil leitores (-16,84%), valor acima dos 159 mil do Jornal de Negócios. O diário de economia da Cofina registou uma descida 17,62% no seu número de leitores.

O Jornal de Notícias foi o único diário generalista a ver a sua audiência subir. O diário do GMG (com o qual a edição de sábado do Dinheiro Vivo é distribuída) obteve uma audiência de 10%, mais 0,6 pp do em relação há um ano. O título é lido por uma média diária de 858 mil leitores.

O Diário de Notícias, título que o DV acompanha ao sábado, fecha a vaga com uma audiência de 3,4%, uma subida de 0,2 pp face à vaga anterior, sendo lido por um média diária de 288 mil leitores.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Taxa de juro do crédito à habitação cai para 1%

Lisboa, 18/02/2020 - Plenário da Assembleia da República - Debate quinzenal com o primeiro ministro.
Primeiro Ministro António Costa com os restantes ministros que compõem o governo.
Jerónimo de Sousa - PCP
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Jerónimo avisa Costa que “sem aumentos salariais” os “problemas vão aumentar”

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP escapa a multas por atraso no contrato de serviço público

Bareme Imprensa. Dinheiro Vivo é o título de economia mais lido