Bayer apresenta oferta de compra pela Monsanto

Grupo químico e farmacêutico alemão apresentou uma proposta à empresa norte-americana

O grupo farmacêutico e químico alemão Bayer confirmou hoje a informação difundida previamente pela multinacional norte-americana de biotecnologia Monsanto de que as empresas encontravam-se em conversações relativas à compra pela companhia alemã.

A Monsanto salienta que se trata de uma proposta não vinculativa e não solicitada, ou seja hostil, e que o seu Conselho de Administração está a analisar a proposta, sem revelar o montante envolvido.

Em comunicado, a empresa alemã sublinha que os "representantes da Bayer reuniram-se recentemente com membros da gerência da companhia Monsanto para falar, confidencialmente, sobre uma aquisição de comum acordo".

A concretizar-se, a operação criará um gigante e o maior produtor mundial de sementes e produtos químicos para a agricultura. A Bayer, que tem uma capitalização bolsista de 90 mil milhões de dólares, iniciou discussões internas e com os seus assessores sobre a compra da empresa norte-americana, que tem uma capitalização de 42.000 milhões de dólares.

O documento da Bayer recorda que a tal fusão "reforçaria a Bayer como empresa global de inovação em ciências da vida, com posições de liderança nas suas atividades principais, além de criar uma condição de cultivo integrado".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de