Basf

Bayer vende à BASF parte do negócio de produtos fitossanitários por 5.900 ME

The logo of Bayer AG is pictured at the Bayer Healthcare subgroup production plant in Wuppertal February 24, 2014.  REUTERS/Ina Fassbender/File Photo
The logo of Bayer AG is pictured at the Bayer Healthcare subgroup production plant in Wuppertal February 24, 2014. REUTERS/Ina Fassbender/File Photo

A Bayer anunciou a venda à BASF de parte do negócio de produtos fitossanitários por 5.900 milhões de euros

O gigante alemão Bayer anunciou esta sexta-feira a venda à BASF de parte do negócio de produtos fitossanitários por 5.900 milhões de euros, para cumprir todos os procedimentos que permitam comprar o fabricante norte-americano de transgénicos Monsanto.

A multinacional farmacêutica e química germânica informou hoje que a venda à sua rival inclui o negócio de glufosinato de amónio, um herbicida, e atividades desenvolvidas com algumas sementes, que nos dois casos geraram uma faturação de 1.300 milhões de euros em 2016.

Este negócio “é importante” para que a Bayer consiga comprar a Monsanto, adverte a multinacional alemã, em comunicado.

A BASF compromete-se a manter todos empregos que forem transferidos até, pelo menos, três anos depois de a operação de compra à Bayer ser concluída.

O presidente da Bayer, Werner Baumann, afirmou que a multinacional germânica está “ativa e atenta” com o objetivo de ultrapassar possíveis situações com os reguladores e assim concluir a transação de compra da Monsanto.

A venda de parte do negócio de produtos fitossanitários à BASF terá ainda ser aprovada pelas autoridades de defesa da concorrência.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

Costa: “Depois deste ano nada poderá ficar como antes”

Mário Centeno, ministro das Finanças, com Pierre Moscovici, comissário europeu. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Governo promete a Bruxelas ser bom aluno em 2018

António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

Mínimo de existência acaba com IRS para 54 mil recibos verdes

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Bayer vende à BASF parte do negócio de produtos fitossanitários por 5.900 ME