Coronavírus

Benfica acha “incompreensível” Liga manter formato de todas as competições

Benfica4

Clube da Luz criticou decisão da Liga de manter todas as competições da próxima época no mesmo formato das edições anteriores, face à pandemia.

A Benfica SAD critica a decisão da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) de manter todas as competições da próxima época no mesmo formato das edições anteriores, face à pandemia de covid-19, segundo comunicado hoje divulgado pelas ‘águias’.

O clube da Luz manifesta “o seu protesto e a sua enorme preocupação” em virtude das “circunstâncias excecionais que se vivem e face à decisão anunciada pela LPFP da manutenção de todas as competições no mesmo formato das edições anteriores”.

Entre outros argumentos, os ‘encarnados’ realçam que “esta decisão é incompreensível e contraria toda a reflexão que se tinha vindo a fazer sobre a necessidade de redimensionar e compatibilizar o calendário das competições, perante a redução em um mês da duração da próxima época futebolística, que será a mais curta de sempre, com apenas nove meses”.

O Benfica também sublinha que se tem vindo a assistir nos últimos anos, “à reformulação dos quadros competitivos (por exemplo, o fim da Taça da Liga em alguns países) face à conclusão de que há cada vez mais jogos para os mesmos jogadores”.

E acrescenta: “Os calendários nacionais e internacionais fazem com que alguns dos nossos jogadores realizem mais de 60 jogos por temporada, o que numa época com menor duração agudiza as preocupações de todos os clubes”.

A SAD ‘encarnada’ vincou ainda que “o contexto provocado por esta grave pandemia suscitou, nos mais diversos países, reflexões e decisões sobre a extinção de competições, a reformulação dos quadros competitivos sempre com o intuito de reativar o futebol, mas prevendo que menos tempo de competição obrigaria a menos densidade competitiva”.

Por isso, a SAD da Luz questiona a decisão de os clubes portugueses terem marcados o mesmo número de jogos em menos de um mês de competição.

“Se, na época passada, já se sentiu o caos na marcação de jogos, teme-se o pior para esta época”, assinalam.

O Benfica alerta também que, com este calendário, “um jogador pode fazer (contando com os compromissos das seleções) 70 jogos numa temporada”, isto é, “o máximo de jogos alguma vez feitos, precisamente na época mais curta de sempre e na que acarreta maiores restrições e exigências de segurança a todos os níveis”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Covid-19: ministra Mariana Vieira da Silva preside à reunião de trabalho com os presidentes de Câmara dos municípios de Lisboa, Amadora, Sintra, Odivelas e Loures

Autarquias podem alterar horários de lojas na Grande Lisboa

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, fala durante a sua audição perante a comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, na Assembleia da República, em Lisboa, 07 de julho de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Siza Vieira. Banco de Fomento vai começar a dar crédito em outubro

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 325 infetados e seis mortes por covid-19 em Portugal. Números sobem

Benfica acha “incompreensível” Liga manter formato de todas as competições