Bimbo reage. Acusação "não tem fundamento". Vai contestar

Concorrência acusou a Bimbo Donuts de combinação de preços dos seus produtos com a Auchan, Modelo Continente e Pingo Doce.

A Bimbo Donuts Portugal considera que a acusação de combinação de preços de produtos da empresa com a Auchan, Modelo Continente e Pingo Doce feita esta quinta-feira pela Autoridade da Concorrência (AdC) "não tem fundamento vai contestar vigorosamente a mesma".

"A Bimbo Donuts entende que a acusação formulada não tem fundamento vai contestar vigorosamente a mesma, colocando-se em simultâneo ao dispor da Autoridade da Concorrência Portuguesa para prestar todos os esclarecimentos necessários", adianta fonte oficial da empresa em declarações ao Dinheiro Vivo.

A empresa, adquirida em 2016 pelo Grupo Bimbo, "faz parte do grupo de empresas incluídas na investigação da indústria por parte da autoridade da concorrência em Portugal, referente a uma alegada fixação de preços, que teria ocorrido quando a empresa ainda pertencia aos anteriores proprietários", ressalva a companhia.

"O Grupo Bimbo e todas as suas subsidiárias são muito rigorosas no cumprimento da legislação dos países onde estão presentes e atuam de acordo com os interesses dos seus clientes, consumidores, colaboradores e comunidade, operando sob os mais elevados padrões éticos, oferecendo sempre produtos da mais alta qualidade", diz ainda.

A Bimbo Donuts nega assim, à semelhança dos outros visados, de ter cometido práticas de cartelização, tal como avançou o Dinheiro Vivo. As mesmas teriam sido praticadas pelo menos mais de uma década, entre 2004 e 2017, usando o fabricante como intermediário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de