Bison Bank lidera emissão obrigacionista de 750 milhões da China Orient Asset Management

Esta é a terceira vez que o ​​​​​​​Bison Bank participa numa emissão obrigacionista da COAMI em dólares americanos fora da China.

O Bison Bank liderou, com outros bancos, a emissão obrigacionista da China Orient Asset Management Holding Limited (COAMI), uma das líderes na gestão de ativos na China, no montante de 750 milhões de dólares (cerca de 632 milhões de euros).

"Esta é a terceira vez que o ​​​​​​​Bison Bank participa numa emissão obrigacionista da COAMI em dólares americanos fora da China, obtendo, com sucesso, novos investidores europeus para o emissor", refere o banco em comunicado.

A emissão obrigacionista, executada no dia 9 de novembro, ocorreu em duas tranches: uma de 450 milhões de dólares (379 milhões de euros), com uma maturidade de cinco anos e um cupão de 1.875%; uma segunda de 300 milhões de dólares (252 milhões de euros), com maturidade de 10 anos e um cupão de 2.750%.

"As obrigações foram emitidas sob a SPV Joy Treasure Assets Holdings Inc.com garantia incondicional e irrevogável da COAMI", diz o Bison Bank.

A procura na emissão a cinco anos atingiu os 5.000 milhões de dólares (4213 milhões de euros), superando a oferta em 11 vezes. Quanto à emissão a 10 anos, a procura foi superior à oferta em 16 vezes, atingindo o montante de 4.800 milhões de dólares (4045 milhões de euros).

A forte procura "permitiu ao emissor reduzir os spreads da emissão em 45 e 48 pontos base, respetivamente".

"A procura elevada da emissão em 13 vezes confirma o sólido momento do mercado obrigacionista Chinês, com forte interesse de investidores globais por ativos financeiros chineses de qualidade", destaca o banco.

A emissão obteve notação financeira 'A' pela Fitch e 'BBB+' pela Standard & Poor"s.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de