'Boom' do teletrabalho faz Teams ganhar 12 milhões de utilizadores numa semana

Numa semana, a ferramenta de colaboração da Microsoft ganhou 12 milhões de utilizadores.

A semana em que a ferramenta Teams assinala o terceiro aniversário de vida coincide com a semana em que muitas pessoas estão a trabalhar remotamente. Os números revelados pela Microsoft, a propósito do aniversário da plataforma indicam que, numa semana, a Teams ganhou 12 milhões de utilizadores (dados globais). Tudo isto devido ao isolamento social pedido em muitos países, que está a fazer mexer os números do trabalho remoto.

Ao longo dos últimos sete dias, no período entre 11 e 18 de março, explica a Microsoft, os utilizadores geraram, por dia, mais de 900 milhões de reuniões e minutos de chamadas. "Estamos a ver um pico sem precedentes no uso da Teams, que já tem 44 milhões de utilizadores diários", diz Jared Spataro, corporate vice-president da Microsoft 365, numa publicação partilhada esta quinta-feira.

Em comparação com os números de utilizadores revelados em novembro do ano passado, quando tinha 20 milhões de utilizadores diários globais, trata-se de um considerável crescimento. As contagens da Microsoft são feitas tendo em conta os utilizadores ativos.

Na publicação, o responsável do Office 365 reconhece que o vírus está a ter um impacto na vida de pessoas que, além de aprenderem novas formas de socializar, também estão a aprender a trabalhar de uma forma diferente. "Aqui em Puget Sound, pedimos a mais de 50 mil trabalhadores da Microsoft para não virem para o trabalho, que se juntaram às dezenas de milhares de trabalhadores da Microsoft de todo o mundo que já trabalham remotamente. Não tem sido fácil", detalha.

Na segunda-feira, com muitos europeus a dar os primeiros passos no trabalho remoto, a plataforma Teams esteve em baixo durante duas horas, no período da manhã, devido ao elevado número de utilizadores.

Novas funcionalidades

Na publicação é ainda indicado que a Microsoft está a preparar novas funcionalidades para esta plataforma. Uma delas permite a redução de ruído de fundo, para ajudar os utilizadores a perceber aquilo que é dito com clareza; a outra funcionalidade é destinada a reuniões com muita gente - a 'raise hand' permite aos utilizadores indicar que querem falar a seguir.

Também está a ser desenvolvida a possibilidade de ler mensagens e responder a questões mesmo que não tenha rede ou a ligação seja fraca.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de