Carros autónomos

Bosch e Daimler recebem aprovação para nova etapa de estacionamento autónomo

Bosch carro autónomo
Bosch

As empresas chegaram a um novo patamar no desenvolvimento de carros autónomos, ao receber luz verde para estacionamento sem supervisão humana.

A Bosch e a Daimler atingiram um novo patamar no desenvolvimento dos carros autónomos, ao receber luz verde das autoridades para um sistema de estacionamento sem supervisão humana.

Por enquanto, só está disponível em Estugarda, na Alemanha, no parque de estacionamento do museu da Mercedes-Benz. Trata-se de um sistema automático onde é possível que os veículos autónomos possam ser estacionados sem necessidade de supervisão humana. Em comunicado, as empresas indicam que, com esta autorização por parte das autoridades alemãs, “trata-se do primeiro sistema autónomo totalmente automatizado de nível 4 a ser aprovado para uso diário”. Nesta escala, o nível 5 é o patamar mais desejado – a circulação completamente autónoma, sem intervenção humana.

A Bosch e a Daimler apontam que, para ter este sistema automático, foi necessária uma autorização especial da região de Baden-Württemberg, onde está instalado o museu da Mercedes-Benz. Os vários processos e testes foram escrutinados pelas entidades alemãs, com a segurança a assumir-se como a principal preocupação neste processo.

“A decisão das autoridades mostra que as inovações como um sistema de estacionamento automatizado são possíveis primeiro na Alemanha”, diz Markus Heyn, responsável de gestão da Bosch, que descreve este tipo de sistemas como “blocos de construção para a mobilidade de amanhã”.

A Bosch forneceu a infraestrutura para este sistema, enquanto a Daimler disponibilizou a tecnologia para os veículos. Este sistema, que começou a ser desenvolvido em 2015, foi implementado no parque de estacionamento do museu em 2017 e apresentado ao público no verão desse ano, numa fase de testes. No ano passado, foi disponibilizado ao público, com recurso a um condutor para garantir a segurança durante os testes. Com esta autorização por parte das autoridades alemãs, em breve poderá ser possível ver este sistema a funcionar de uma forma independente e sem necessidade de supervisão adicional.

Mas como é que funciona? É possível levar o carro até ao estacionamento, sair do carro e, através de uma aplicação para smartphone, indicar ao veículo que se desloque até um local definido no ecrã do telefone. Assim que o condutor sai do estacionamento, o carro dirige-se para o local escolhido e faz a manobra de estacionamento necessária. Quando precisar novamente do carro, o automóvel dirige-se para um ponto específico de recolha.

Para isto funcionar, o sistema depende da infraestrutura tecnológica instalada no estacionamento, que recorre a sensores para recolher informação que é mais tarde transformada em comandos para o carro. A Bosch e a Daimler indicam que é possível que o carro circule pelos patamares do estacionamento e interrompa a marcha assim que seja detetado um obstáculo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

Anacom “considera essencial” redução de preços no acesso à Internet

Outros conteúdos GMG
Bosch e Daimler recebem aprovação para nova etapa de estacionamento autónomo