concorrência

Bruxelas dá mais tempo à Google para responder a acusações

As acusações dizem respeito ao facto do sistema operativo Android forçar os fabricantes de telemóveis a pré-instalar aplicações da Google

A Comissão Europeia concedeu uma extensão suplementar de seis semanas à Google, para que a empresa norte-americana possa responder às acusações de infração da lei da concorrência feitas contra o seu sistema operativo e aplicações Android.

“A Google tem até ao dia 7 de setembro para formular a sua resposta”, disse um porta-voz da Comissão Europeia hoje à agência AFP, referindo que a empresa norte-americana “pediu mais tempo para analisar os documentos em arquivo”.

As acusações, feitas pela Comissão Europeia em 20 de Abril, dizem respeito ao facto do sistema operativo Android forçar os fabricantes de telemóveis a pré-instalar aplicações desenvolvidas pela Google.

A comissária europeia Margrete Vestager vai responder a perguntas sobre o Banif Fotografia: EPA/OLIVIER HOSLET

A comissária europeia da Concorrência, Margrete Vestager Fotografia: EPA/OLIVIER HOSLET

A comissária europeia da Concorrência, Margrethe Vestager, reúne-se hoje, em Bruxelas, com o secretário do Tesouro norte-americano, Jack Lew, que está em visita oficial à Europa. A reunião surge depois de Washington ter criticado as investigações da União Europeia sobre as práticas fiscais de multinacionais norte-americanas “de forma desproporcional”, noticiou a AFP.

Em 22 de junho, Washington manifestou preocupação e alertou a Comissão que vai “continuar a divulgar a posição americana sobre esta questão”, relembrando os avanços que a UE e os EUA têm atingido contra a evasão fiscal a nível internacional.

De acordo com a AFP, Bruxelas tem assistido a alguma especulação sobre uma possível decisão em julho pela comissária Vestager relativamente a acordos fiscais entre a Apple e a Irlanda.

A Comissão Europeia acusa a empresa norte-americana de beneficiar de um tratamento fiscal preferencial na Irlanda, referindo dois acordos fiscais entre a empresa dos EUA e a Irlanda, que remontam a 1991 e 2007.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Portugal recebeu mais de 18 milhões de turistas até agosto

(Gerardo Santos / Global Imagens)

Portugal recebeu mais de 18 milhões de turistas até agosto

TVI-930x594

CMVM a analisar pedido de registo de OPA à Media Capital

Outros conteúdos GMG
Bruxelas dá mais tempo à Google para responder a acusações