Tecnologia

Bruxelas prepara plano para área da inteligência artificial

Margrethe Vestager. EPA/STEPHANIE LECOCQ
Margrethe Vestager. EPA/STEPHANIE LECOCQ

A União Europeia prepara-se para lançar um plano para a área da inteligência artificial, com o intuito de competir com a China e EUA.

Não é segredo que a União Europeia tem vindo a desenvolver esforços na área da inteligência artificial, com o grande objetivo de reduzir a desvantagem europeia e combater as posições dominantes da China e dos Estados Unidos neste tema.

Depois de já ter apresentado planos para o desenvolvimento de inteligência artificial ética, em janeiro do ano passado, a Comissão Europeia estará agora a preparar um novo plano para a IA. Segundo avança a Bloomberg, este plano poderá ser desvendado já esta quarta-feira, dia 19 de fevereiro, por Margrethe Vestager, vice-presidente executiva para a área da Economia Digital.

A estratégia estará focada na produção e na implementação de inteligência artificial na Europa, mas com uma particularidade: que seja desenvolvida com transparência e que seja possível de ser supervisionada por humanos. Neste caso, a Comissão Europeia quer uma atenção redobrada a áreas onde o uso de IA possa representar riscos para a segurança humana.

“Somos aquilo que comemos e o mesmo acontece com a inteligência artificial”, indicou Vestager, durante conferência de imprensa de antecipação deste plano para a IA.

Após a apresentação do plano, este estará em consulta pública durante 12 semanas, para que todos os interessados possam tecer comentários e partilhar opiniões, antes de a Comissão Europeia formalizar a legislação. É expectável que isto aconteça até ao final deste ano.

De acordo com a Bloomberg, alguns rascunhos sobre os planos da União Europeia já foram enviados para os principais executivos das tecnológicas americanas, incluindo a Alphabet, para que possam ser feitos comentários.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Centros comerciais e Lojas do Cidadão em Lisboa encerrados até 04 de junho

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Movimento de utentes numa estação do Metropolitano de Lisboa, durante a pandemia da covid-19, em Lisboa, 19 de maio de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

AML quer mais oferta de transportes e reforço da higienização

Bruxelas prepara plano para área da inteligência artificial