segurança

Cadeira de bebé da Chicco reprova no teste da Deco

chicco

Cadeira de automóvel da Chicco Oasys i-Size não passou no teste da Deco. A marca já se comprometeu com uma solução para corrigir a falha de segurança.

À venda desde 259,90 euros, o mais recente modelo de criança da Chicco não passou no teste do laboratório da Deco. “As falhas comprometem a segurança das crianças a bordo”, afirma a associação de defesa do consumidor.

As cadeiras são sujeitas a vários testes laboratoriais, onde são avaliados níveis de proteção, segurança e facilidade de instalação e uso. Entre os testes, a Deco afirma que é feita uma simulação de “uma colisão frontal a 64 km/hora e uma lateral a 25 km/hora”. A segurança tem um peso de 40% nos critérios de avaliação da Deco.

Caso tenha uma destas cadeiras, a associação aconselha a que exija a troca imediata do produto. “O assento i-Size para crianças até 78 centímetros de altura falhou no teste de colisão frontal. Durante o impacto, o cinto solta-se e a criança é projetada para fora da cadeira. Num acidente real, o risco de lesões graves é elevado”, explica.

A Chicco já se comprometeu com uma solução para corrigir a falha de segurança. Segundo a Deco, a marca garante que há poucas unidades desta cadeira no mercado e “compromete-se a recolher as cadeiras com defeito de construção das lojas e substituir por outro modelo corrigido”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: ANTÓNIO CARRAPATO/LUSA

Maior credor de Portugal:juros baixos são temporários em países com rating fraco

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: ANTÓNIO CARRAPATO/LUSA

Maior credor de Portugal:juros baixos são temporários em países com rating fraco

(Fotografia: Carlos Manuel Martins/ Global Imagens)

Funcionários do SEF, Fisco e Segurança Social detidos em megaoperação da PJ

Outros conteúdos GMG
Cadeira de bebé da Chicco reprova no teste da Deco