Caixa e BCP passam a cobrar carregamentos no Revolut

A Revolut tem mais de 400 mil utilizadores em Portugal. 

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Millennium BCP já cobram comissões pelo carregamento de serviços como o Revolut. Segundo a edição desta segunda-feira do jornal Público, que cita uma notícia do pplware, as comissões têm um valor fixo, ao qual acresce um montante variável, que depende do valor dos carregamentos.

No caso da CGD, a comissão é de 4,5% do valor do carregamento mais 3,5 euros. As publicações dão o exemplo de um carregamento de 100 euros, feito através de um cartão de crédito da CGD, que custa agora mais de oito euros em comissões, mais 4% de imposto de selo. Carregar o Revolut com 500 euros no mesmo banco custa mais de 22 euros. A comissão está em vigor desde 26 de janeiro. Os custos aplicam-se aos carregamentos feitos através de cartão de crédito, estando isentos os cartões de débito.

No BCP, carregar uma carteira digital custa quatro euros mais 0,5% do valor transferido. No banco liderado por Miguel Maya, tal como na CGD, apenas os cartões de crédito estão sujeitos à comissão.

Nota: Notícia atualizada às 12h10.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de