CaixaBank espera que BCE suspenda sanções sobre o BPI

O CaixaBank pediu ao BCE para suspender a aplicação de sanções sobre o BPI e manifesta esperança que pedido seja atendido.

O BCE considera Angola um dos países que não têm regulação e supervisão semelhantes às existentes na União Europeia (UE), pelo que o BPI tinha até ao dia 10 de abril para ajustar a sua exposição àquele mercado, no qual controla a maioria do capital do Banco de Fomento Angola (BFA), algo que exige o entendimento entre os seus principais acionistas. Findo este prazo, o banco liderado por Mario Draghi tinha definido avançar com uma multa diária de cerca de 160 mil euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de